O que é metodologia Scrum?
Gerenciamento de Projetos Scrum

O que é Scrum?

Scrum é uma metodologia de desenvolvimento ágil utilizada no desenvolvimento de Software baseada em um processo iterativo e incremental. Scrum é um framework ágil, adaptável, rápido, flexível e eficaz que é projetado para oferecer valor ao cliente durante todo o desenvolvimento do projeto. O principal objetivo do Scrum é satisfazer a necessidade do cliente através de um ambiente de transparência na comunicação, responsabilidade coletiva e progresso contínuo. O desenvolvimento parte de uma ideia geral do que precisa ser construído, elaborando uma lista de características ordenadas por prioridade (backlog do produto) que o proprietário do produto deseja obter.

Scrum Methodology

Aprenda Scrum:

Uma breve história sobre o Scrum

A história do Scrum pode ser traçada desde 1986 no artigo da Harvard Business Review (HBR) intitulado “The New Product Development Game”, de Hirotaka Takeuchi e Ikujiro Nonaka. Este artigo descreve como empresas como Honda, Canon e Fuji-Xerox produzem novos produtos em todo o mundo usando uma abordagem escalável e baseada em equipe para o desenvolvimento de produtos. Esta abordagem enfatiza a importância de capacitar equipes auto-organizadas.

Jeff-SutherlandO artigo foi uma influência para desenvolver muitos dos conceitos que deram origem ao que hoje chamamos de Scrum. Scrum é um termo extraído do Rugby, que se refere a como o jogo é reiniciado após uma falta ou quando a bola sai de jogo.

Em 1993, Jeff Sutherland e sua equipe na Easel Corporation criaram o processo Scrum para ser usado em processos de desenvolvimento de software, combinando os conceitos do artigo de 1986 com os conceitos de desenvolvimento orientado a objetos, controle empírico de processos, desenvolvimento iterativo e incremental, processos de software e melhoria de produtividade, bem como o desenvolvimento de sistemas complexos e dinâmicos.

A Metodologia Scrum e Processo

Scrum é precisamente uma evolução da Gestão Agile. A metodologia Scrum é baseada em um conjunto de práticas e papéis muito definidos que devem ser envolvidos durante o processo de desenvolvimento de software. É uma metodologia flexível que recompensa a aplicação dos 12 princípios ágeis em um contexto acordado por todos os membros da equipe do produto.

O Scrum é executado em blocos temporários que são curtos e periódicos, chamados Sprints, que normalmente variam de 2 a 4 semanas, que é o prazo para feedback e reflexão. Cada Sprint é uma entidade por si só, ou seja, fornece um resultado completo, uma variação do produto final que deve ser capaz de ser entregue ao cliente com o menor esforço possível quando solicitado.

O processo tem como ponto de partida, uma lista de objetivos/requisitos que compõem o plano do projeto. É o cliente do projeto que prioriza estes objetivos considerando um equilíbrio entre o valor e o custo do mesmo, que é como são determinadas as iterações e consequentes entregas.

Por um lado, o mercado exige qualidade, entrega rápida a custos menores, para a qual uma empresa deve ser muito ágil e flexível no desenvolvimento de produtos para alcançar ciclos de desenvolvimento curtos que possam atender a demanda dos clientes sem prejudicar a qualidade do resultado. É uma metodologia muito fácil de implementar e muito popular pelos resultados rápidos que se obtêm.

A metodologia Scrum é utilizada principalmente para o desenvolvimento de software, mas outros setores também estão aproveitando seus benefícios ao implementar esta metodologia em seus modelos organizacionais, tais como equipes de vendas, marketing, RH, etc.

Scrum Development

Diferentes Papéis no Scrum

No Scrum, a equipe se concentra na construção de software de qualidade. O proprietário de um projeto Scrum se concentra em definir quais são as características que o produto deve ter para desenvolver (o que desenvolver, o que não desenvolver e em que ordem) e para superar qualquer obstáculo que possa dificultar a tarefa da equipe de desenvolvimento.

A equipe Scrum consiste nos seguintes papéis:

Scrum Master: A pessoa que lidera a equipe, orientando-os a cumprir com as regras e processos do framework. O Scrum Master gerencia a redução de impedimentos do projeto e trabalha com o Product Owner para maximizar o ROI. O Scrum Master é responsável por manter o Scrum em dia, fornecendo orientação, mentoria e treinamento para as equipes caso seja necessário.

“O trabalho do Scrum Master é orientar a equipe em direção à melhoria contínua – perguntar com regularidade, ‘Como podemos fazer melhor o que fazemos?'” – Jeff Sutherland

Product Owner (PO): É o representante das partes interessadas e dos clientes que utilizam o software. Eles se concentram na parte comercial e são responsáveis pelo ROI do projeto. Eles traduzem a visão do projeto para a equipe, validam os benefícios em histórias a serem incorporadas ao Backlog do Produto e as priorizam com regularidade.

Equipe: Um grupo de profissionais com os conhecimentos técnicos necessários que desenvolvem o projeto em conjunto, desenvolvendo as histórias com as quais se comprometem no início de cada sprint.

Scrum Roles

Benefícios da Metodologia Scrum

O Scrum apresenta muitas vantagens em relação a outras metodologias ágeis de desenvolvimento. É atualmente o framework de referência mais utilizado e confiável na indústria de software. Abaixo estão alguns dos benefícios conhecidos do Scrum:

Facilmente Escalável: Os processos Scrum são iterativos e são executados dentro de períodos de trabalho específicos, o que facilita o foco da equipe em funcionalidades definidas para cada período. Isto não só tem o benefício de alcançar melhores resultados de acordo com as necessidades do usuário, mas também dá às equipes a capacidade de dimensionar os módulos em termos de funcionalidade, design, escopo e características de forma ordenada, transparente e simples.

Cumprimento das Expectativas: O cliente estabelece suas expectativas indicando o valor que cada requisito/história do projeto traz, a equipe os estima e com estas informações o Product Owner estabelece sua prioridade. Regularmente, nas demonstrações de sprint, o Product Owner verifica se os requisitos foram atendidos e transmite o feedback para a equipe.

Flexível à Alterações: Reação rápida às mudanças nos requisitos gerados pelas necessidades dos clientes ou desenvolvimentos de mercado. A metodologia é projetada para se adaptar às mudanças nos requisitos que os projetos complexos geram.

Redução do Tempo para o Mercado: O cliente pode começar a utilizar as funcionalidades mais importantes do projeto antes que o produto esteja completamente pronto.

Maior Qualidade de Software: O método de trabalho e a necessidade de obter uma versão funcional após cada iteração, ajuda a obter um software de maior qualidade.

Previsão Precisa: Usando esta metodologia, conhecemos a velocidade média da equipe por sprint (pontos de história), com a qual, consequentemente, é possível estimar quando uma determinada funcionalidade que ainda está no backlog estará disponível.

Redução de Riscos: O fato de realizar as funcionalidades mais valiosas em primeiro lugar e de conhecer a velocidade com que a equipe avança no projeto, permite eliminar os riscos de forma eficaz e antecipada.

Eventos do Scrum

Cada um dos eventos de Scrum facilita a adaptação de alguns aspectos do processo, do produto, do progresso ou das relações.

Sprint: Sprint é a unidade básica de trabalho para uma equipe Scrum. Esta é a principal característica que marca a diferença entre o Scrum e outros modelos de desenvolvimento ágil.

Planejamento da Sprint: O objetivo do Planejamento da Sprint é definir o que será feito na Sprint e como será feito. Esta reunião é realizada no início de cada Sprint e é definida como abordará o projeto a partir das etapas e prazos do Backlog do Produto. Cada Sprint é composto de características diferentes.

Daily Scrum: O objetivo da Daily Scrum é avaliar o progresso e a tendência até o final da Sprint, sincronizando as atividades e criando um plano para as próximas 24 horas. É uma reunião curta que se realiza diariamente durante o período da Sprint. Três perguntas são respondidas individualmente: O que eu fiz ontem? O que eu vou fazer hoje? De que ajuda eu preciso? O Scrum Master deve tentar resolver os problemas ou obstáculos que surgirem.

Revisão da Sprint: O objetivo da revisão da sprint é mostrar que trabalho foi concluído no que diz respeito ao acúmulo do backlog do produto para entregas futuras. O sprint finalizado é revisado e já deve haver um avanço claro e tangível no produto a ser apresentado ao cliente.

Retrospectiva da Sprint: A equipe revisa os objetivos completados da corrida terminada, anota os erros e acertos, para não repetir os erros. Esta etapa serve para implementar melhorias a partir do ponto de vista do processo de desenvolvimento. O objetivo da retrospectiva da sprint é identificar possíveis melhorias no processo e gerar um plano para implementá-las na próxima Sprint.

Artefatos do Scrum

Artefatos do Scrum são projetados para garantir a transparência das informações-chave na tomada de decisões.

Backlog do Produto (PB): O backlog do produto é uma lista que reúne tudo o que o produto precisa para satisfazer os clientes potenciais. Ela é preparada pelo Product Owner e as funções são priorizadas de acordo com o que é mais e menos importante para o negócio. O objetivo é que o Product Owner responda à pergunta “O que deve ser feito”.

Backlog da Sprint (SB): É um subconjunto de itens do backlog do produto, que são selecionados pela equipe para executar durante a sprint no qual eles vão trabalhar. A equipe estabelece a duração de cada sprint. Normalmente o backlog da sprint é exibido em quadros físicos chamados de Quadro de Scrum – que torna o processo de desenvolvimento visível para todos que entram na área de desenvolvimento.

Incremento: O Incremento é a soma de todas as tarefas, casos de uso, histórias de usuários, backlogs de produtos e qualquer elemento que foi desenvolvido durante a sprint e que será disponibilizado para o usuário final na forma de Software.

Scrum Task Board

Planejamento no Scrum

A Reunião de Planejamento da Sprint é realizada no início de cada Sprint. Todos os membros da equipe participam da reunião, ou seja, o Product Owner, Scrum Master e toda a equipe de desenvolvimento. Toda a equipe Scrum deve compreender e definir qual objetivo deve ser obtido nessa Sprint (Objetivo da Sprint). A partir deste ponto, a equipe de desenvolvimento deve elaborar um plano de trabalho para alcançar o objetivo. Este planejamento deve permitir ver se o objetivo da sprint envolve uma carga de trabalho de acordo com a duração estipulada para as Sprints (que é de 2 a 4 semanas).

O cliente mostra o resultado a ser alcançado nesse Sprint e os requisitos do produto entregável. Aqui é necessário realizar uma discussão na qual a equipe de desenvolvimento avalia quais elementos da lista podem ser entregues.

Tanto o Scrum Master quanto o Product Owner devem colaborar para esclarecer qualquer aspecto dos requisitos. Finalmente, a equipe de desenvolvimento deve explicar como irá organizar o trabalho da equipe para alcançar o Objetivo da Sprint.

Agora que você sabe melhor do que se trata o framework Scrum e como ele pode ajudá-lo, você estaria interessado em implementá-lo em sua empresa? Entre em contato conosco e nós o ajudaremos a transformar seu processo atual em um processo melhor.

Você também pode se inscrever para um teste gratuito do SwiftKanban, que suporta os processos Scrum com um conjunto integrado de características e métricas Scrum – para ajudá-lo a gradualmente melhorar seus processos.

O que é Scrum?

Life is Good When Your Agile Teams Are in Sync!

Contact us Today for a Custom Demo of SwiftEnterprise! Or Signup for updates below.

Request Demo